Blog

Manifesto: eu não sou blogueira + conselho para quem quer escrever.

Eu não sou instagrammer, não sou influencer, podcaster, tik toker, blogueira ou youtuber.Eu sou autora. Escrevo histórias em várias plataformas, passo minhas horas de trabalho lendo, estudando, trocando ideias com outros autores ou escrevendo. E em épocas “normais”, ou seja, sem pandemia, também visito escolas, participo de eventos, programas

Leia Mais »

Representatividade

A primeira personagem principal que escrevi e virou livro publicado, se chama Ludmila, e desde que ela surgiu na minha cabeça eu sabia que ela era negra e teria o cabelo black power. Mila ganhou vida através das mãos da ilustradora Camila Nogueira.A escolha da aparência da Mila

Leia Mais »

A ponta do iceberg

Às vezes precisamos de ajuda de clichês, ou seja, algo sem originalidade e comum, pra explicar um conceito. É por isso que recorri ao clichê de “a ponta do iceberg” para falar de outro clichê que ouvimos por aí: escrever para crianças é fácil, criança não tem senso

Leia Mais »

A criança real

A criança idealizada não existe. A criança real tem sentimentos como todos nós (adultos). Ama, odeia, sente inveja, inadequação, angústia etc. Está aprendendo a lidar com tudo isso. Nossa contribuição começa quando deixamos de subestimá-la e de projetar nelas nossas fantasias utópicas. A criança não é uma folha

Leia Mais »

Me Siga


Categorias