Contos Zen – Vento

lele
Certa tarde de outono, o mestre Ikyyu vagueava pelos campos, levando consigo um a flauta de bambu.
Um eremita, ao vê-lo perguntou:

– Quem és tu?

– Sou um peregrino que segue para onde sopra o vento.

Tencionando pô-lo em apuros o eremita perguntou:

– E quando o vento não sopra?

– Então sopro eu – respondeu Ikyyu, começando a soprar na sua flauta.

 

 

——-
Ilustração do post: Lele Luzzati

 

Compartilhe

Facebook
Skype
Twitter
WhatsApp

Me Siga

Você também vai gostar de...

Livros

Hippie – Resenha

Terminei de ler Hippie, já faz algumas semanas, e como alguns livros de Paulo Coelho, este levou algum tempo para ser digerido e começar o

Read More »

Viva Este Livro no ICLOC

O ICLOC é um espaço aberto para debates sobre práticas e metodologias educacionais com o objetivo de contribuir para o aprimoramento do ensino no Brasil.

Read More »

Vamos nos encontrar na Bienal?

Bate-papo “Quero Ser Youtuber” – intermediação Camila Piva Dia: 06/08 – segunda-feira Horário: das 11:00 às 12:00 Local: Arena Cultural – M080 Endereço: Pavilhão de

Read More »

Categorias